Soldado decide se suicidar mas muda de ideia por motivo especial

A vida de um soldado não é fácil, especialmente se ele já foi enviado a guerra. Como era o caso de Josh Marino, um veterano da guerra do Iraque. Marino sobreviveu a guerra, mas não conseguia contornar os problemas mentais que ela causou. Até que ele chegou ao limite e decidiu por fim a própria vida.

mutual-rescue2

Cansado de lidar com os problemas relacionados ao Estresse Pós-Traumático, ele chegou a conclusão que a única saída era o suicídio. Então, munido de uma faca, depois de deixar um bilhete em casa, ele foi dar uma volta para fumar seu último cigarro.

O que aconteceu em seguida é realmente especial… Marino ouviu um miado de gato, que logo saiu do seu esconderijo para pedir carinho. Josh não resistiu ao bichano e começou a fazer carinho nele, quando uma crise de choro o atingiu e, emocionado, ele desistiu do plano de se matar.

mutual-rescue

O veterano decidiu adotar o gatinho, a quem batizou de Scout, e afirma que foi salvo por ele. Marino afirma que quando adotou Scout, passou a se dedicar a ele e conseguiu contornar os traumas e angustia que o assolavam.

Josh dividiu sua história através do site Mutual Rescue, que é uma organização que defende a adoção de animais de estimação por pessoas que sofram com algum problema emocional/psicológico.