Jogador abandona entrevista em meio a crise de ansiedade

Há alguns anos atrás, a maioria de nós não prestava atenção para as doenças da mente. Muita coisa era taxada como “frescura” e éramos empurrados ladeira abaixo, contra nossa mente e bem-estar. Mas isso parece vir mudando com o passar dos anos.. Um fato que aconteceu na Austrália reacendeu o debate sobre crises de pânico e ansiedade.

Mitch Austin, jogador do Melbourne Victory, estava em meio a uma entrevista quando começou a sentir um mal-estar. Ciente do que estava por vir, ele apenas se levantou, pediu desculpas e abandonou a entrevista. O ato, claro, deixou todo mundo confuso, inclusive a âncora que conduzia a entrevista. Sem entender nada, ela apenas acionou outros dois âncoras para lidar com a situação.

Depois do acontecido, Mitch conseguiu se recuperar bem e conversar com a âncora, que pareceu entender completamente a situação do jogador. Quem saiu em defesa de Mitch foi o professor Benjamin Habib, da Universidade La Trobe, que passou por uma situação semelhante quando cedia entrevista para falar das tensões na Coréia do Norte. Na ocasião, Habib também abandonou a entrevista por uma crise de ansiedade.