A incrível história de Saroo que deu origem a um filme

Para muitas crianças abandonadas no mundo, a adoção é a última esperança de mudança de vida. Mas em alguns casos, as coisas acontecem de uma forma difícil de explicar. E foi esse o caso de Saroo, um menino indiano que, mesmo tendo família, acabou sendo adotado por um casal australiano.

saroo-india

Saroo tinha apenas 4 anos quando saiu com seu irmão mais velho, Guddu, para trabalhar. Os dois vinham de uma família humilde e já trabalhavam para ajudar nas finanças de casa. Nesse dia, Guddu mandou que Saroo esperasse por ele no trem, mas o menino dormiu e acabou se perdendo.

Quando moradores se deram conta de que o menino estava perdido, o levaram para um abrigo, onde ele permaneceu até que completasse 5 anos. Os responsáveis pelo abrigo tentaram localizar a família do menino, mas Saroo não sabia muitas informações, devido a sua pouca idade. Foi assim que o menino acabou no sistema de adoção.

saroo-india2

Saroo acabou sendo adotado por uma família australiana e foi viver na Austrália, mas sempre teve vontade de reencontrar sua família biológica, já que lembrava do convívio com eles. Apenas aos 30 anos de idade é que Saroo foi capaz de reencontrar sua cidade natal, Ganesh Talai. E, depois de muito se planejar, viajou ao encontro de sua família biológica. Foi assim que descobriu que Guddu, na verdade, havia morrido naquele trágico dia. Apesar de lamentar a morte do irmão, ele conheceu uma irmã e um irmão que nasceram depois de sua partida e pode reencontrar a mãe biológica.

Saroo continua vivendo na Austrália com sua família adotiva, mas viaja sempre que pode para a Índia para reencontrar a família biológica. Sua história deu origem ao filme “Lion – Uma jornada para casa”, e é muito emocionante.